Tubos de Bolas recém abertas
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Fala galera, tudo bem? Hoje é dia de fazer mais uma avaliação de bolas, agora a Prince Championship!

Mas antes de tudo gostaria de agradecer as mensagens de apoio, os compartilhamentos e comentários nos posts que nos ajudam a cada dia melhorar e também aprender com vocês.

Hoje será então a vez de comprar duas bolas championships, que são elas: Head x Prince, com uma história curiosíssima. (música do Rock Balboa).

Se você quiser saber mais de outras bolas championship que testamos antes, recomendo alguns posts que já escrevemos no passado:

Wilson ou Head Championship: qual a melhor em custo benefício?

Opinião sobre as bolas Dunlop Championship

A bola Tretorn Championship 2.0 é boa? Nós avaliamos!

“Onde se encaixa a Head Championship?”

Como já vimos nos posts anteriores, as bolas championships, são bolas “medianas”, ideais para aulas de tênis, treinos e torneios amadores. Sendo assim, ficará mais fácil após o comparativo relativizar o custo benefício das duas e usá-las para estes ideais acima citados.

Tubos de Bolas recém abertas
 

Um pouco mais sobre a história das duas marcas e a relação entre elas

A Head e a Prince tem uma história curiosa em comum. Antes de escrever este post, assistindo a uma olimpíada de inverno tempos atrás, me questionava ao ver os competidores com esquis da marca Head. Já jogava tênis na época e ficava curioso em saber quem havia surgido primeiro o ovo ou a galinha, ou seja, os esquis ou as raquetes, e eis que hoje me surgiu este site – http://mundodasmarcas.blogspot.com me apresentando essa preciosidade.

“Howard Head, fundador da empresa de equipamentos de esqui Head, e que foi o responsável por inventar o primeiro esqui de metal alpino, quando ele, depois de vender sua empresa e se aposentar, resolveu fazer aulas de tênis. Foi neste momento que Head, teve o primeiro contato com as máquinas da PRINCE em seus treinamentos.”

Prince, que em 1970, foi “fundada pelo inventor e empreendedor Robert “Bob” H. McClure, que ao trabalhar na garagem de sua casa, reverteu o motor de um aspirador de pó para produzir, ou melhor, inventar, a primeira máquina automática lançadora de bolas de tênis, que foi prontamente batizada de Little Prince.”

Em 1976, “o senhor Head se uniu a “BOB”, com o objetivo de desenvolver uma raquete melhor, já que naquela época as raquetes eram de madeira e muito pesadas. Depois de inúmeras pesquisas ele desenvolveu uma raquete de tamanho maior (“oversize”), de 110 polegadas, e mais leve que as existentes no mercado, já que utilizava alumínio em sua composição.” Sensacionaaal!!!!!

Comparativo entre as bolas Head e Prince Championship

A Head e Prince são novas no mercado de bolas (respectivamente em 2006 e 2005), sendo bem novas no mercado nacional.

A Prince Championship com seus tubinhos verdes e tampa verde, que diga-se de passagem é uma das melhores tampas do mercado. Rssss. Vedam que é uma beleza… os tubos tem uma serventia bem legal, ao invés de serem descartados. Por exemplo, podem armazenar comida para doar aos mais necessitados, ou separar as pecinhas de lego ou o quebra cabeça que insistem em sumir de casa. #ficaadica

Como sempre, foram testadas 36 bolas, sendo 18 bolas Head Championship e 18 bolas Prince Championship, em quadra rápida, para que o comparativo seja realmente igualitário, durante as aulas e treinos na HC Tennis aqui em Brasília.

Tanto a Head como a Prince, num primeiro momento tem características muito semelhantes. Tirei uma foto logo antes de começar os testes, vejam só:

Bolas de tênis Head e Prince Championship recém abertas

Ambas possuem feltro em maior quantidade de material sintético, pressão adequada a qualquer quadra, quique homogêneo e “Punch” parecidos. Mas é com o passar do tempo que elas se diferem, mas só pela questão do comparativo e um olhar mais clínico a respeito do gasto.

As bolas se comportaram bem na quadra rápida, não aceleram nem desaceleraram o jogo, tornando as aulas e os bate bolas com os alunos bem agradáveis.

A diferença é que o gasto das bolas revelou que a Prince em média teve um gasto de feltro e volume de bola maior que a Head, deixando a desejar no quesito conforto e controle da bola.

Por sua vez, a Head, manteve sua pressão, seu volume e feltro mais intactos que a Prince e assim se saindo melhor no comparativo.

Resultado final do comprativo Head x Prince

O resultado  final da nossa análise ficou assim:

Resultado da avaliação das bolas Head e Prince Championship

A impressão que temos é que a  Prince tem uma semelhança muito grande com outra championship muito famosa, a Wilson, em todos os quesitos, mas esta última ainda é um pouquinho melhor na minha opinião”.

Se você quiser uma bola com um custo benefício bem legal, vale a pena investir em bolas como as testadas acima. Um bate bola mais confortável, uma leitura da bola mais correta, quiques homogêneos.

Uma a uma as bolas estão sendo testadas e comparadas aqui no blog, sendo assim, em um mercado mais competitivo hoje em dia temos diversas opções, e dá para fazer uma pesquisa mais detalhada e conseguir uma bola que agrade ao seu piso e localidades diferentes.

Aqui no site www.boladetenisdelivery.com você encontra a maioria delas. Nos faça uma visita!!!

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert
Hudson Cardia

Escrito por: Hudson Cardia

Professor de Tênis



  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notificação de
guest
4 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Paulo
Paulo
3 anos atrás

Testa as bolas da Odear boom

HUDSON CARDIA OLIVEIRA
HUDSON CARDIA OLIVEIRA
2 anos atrás
Reply to  Paulo

Querido, não conheço essas bolas, pode me passar algum link que apresente? Um grande abraço.

Márcio
3 anos atrás

Excelente análise, Hudson. Ajuda bastante o tenista. Abs

HUDSON CARDIA OLIVEIRA
HUDSON CARDIA OLIVEIRA
2 anos atrás
Reply to  Márcio

Grande Márcio, muito obrigado pelo feed back. Abração.