slice
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Fala, galera. Nossa a quanto tempo!!!! Volto aqui ao blog depois de alguns meses para falarmos sobre o Slice. A famosa facãozada, espada ninja, cortador de salame, entre outros adjetivos deste tão nobre golpe de nossa armada tenística.

Mas antes uma reflexão:

Espero que estejam se cuidando, passando com saúde por essa loucura que está acontecendo no mundo. Estamos sendo assolados por uma doença que às vezes parece estar sobre controle e outras vezes não. Uma crise política e social no mundo e no Brasil. Está tudo uma loucura.

Leia também: 12 videoaulas com exercícios para fazer em casa durante a quarentena

Mas também serve para observarmos mais dentro de nós!!!

Como posso conviver melhor com as pessoas? Fui privado de sair na rua, tive que ficar enclausurado em casa, sem contato com amigos e até familiares… Espero que a empatia tenha crescido como os casos de Covid-19. Pensemos nisso!!!

Voltando ao assunto do post que é:

O slice, possivelmente, é o golpe mais próximo do qual uma pessoa que nunca pegou aulas de tênis consegue realizar em suas primeiras experiências com o esporte.

Na anamnese do aluno, ter tido contato com o esporte antes da primeira instrução pode ser um fator que dificulta o aprendizado do movimento como o topSpin, por exemplo.

Em razão de ter executado apenas aquele movimento durante suas práticas, o cérebro já está adaptado aquela informação e envia para o músculo como ele deve proceder. 

Veja: Footwork – A importância para a eficácia dos golpes

Mudar esse conceito até a execução e aprendizado de novos movimentos demanda mais tempo que ter o movimento correto como primeiro estímulo.

Um pouquinho de história tenística

Nos primórdios do tênis, o jogo era jogado em gramados, jardins de palácios (somente pela nobreza) e quadras de grama com o tamanho oficial. 

Isso fazia com que a bola quicasse pouco, tendo a raquete um peso considerável os jogadores inconscientemente já empunhavam a raquete com a sua face para cima, empunhando com a continental – mais fácil passar a bola na “colheirada”. 

O fato de ter que pegar por baixo da bola para passar sobre a rede, e sem conhecer a técnica suficiente para um flat que seja o tenista acabava fatiando a bola, exigindo menos força e mais precisão. Assim surgia o slice, o golpe mais antigo do tênis.

Destrinchando o movimento

Prioritariamente, o slice é executado com a empunhadura continental, podendo no máximo a estern de esquerda. 

slice
Empunhadura Continental
Estern
Empunhadura Estern

Na dúvida sobre essas empunhaduras? Leia o post Empunhadura e estilo de jogo: entenda tudo sobre o tema

O tenista deve se manter de lado mostrando ombro e em alguns casos até as costas. A cabeça da raquete deve começar acima da linha dos ombros e deve estar solta ao ponto de fazer movimento como se fatiasse a bola, em um corte transversal. 

O rosto da raquete fica ligeiramente apontado para cima, dando abertura para a passagem da bola sobre a rede. 

O contato deve ser feito a frente do corpo, de uma forma que o peso do corpo esteja em sua perna da frente, empurrando a bola para frente e finalizado com a cabeça da raquete apontada para baixo ou para a rede.

Exemplo e um Slice de BackHand
Exemplo e um Slice de BackHand

Quando utilizar o slice?

Golpear a bola no backhand de esquerda, ou até no forehand (menos comum), somente com o slice demonstra falta de técnica por parte do tenista e pode apontar uma fraqueza em relação ao adversário.

O slice deve ser um golpe especial, usado para subidas à rede, curtas e variação de peso e tempo da bola. Desta forma, um golpe que deva ser lapidado até pela simples execução.

Slice Executado Próximo à Rede
Slice Executado Próximo à Rede


Podemos apontar alguns erros comuns na execução do slice:

  • Empunhadura errada – Semi western e Western de esquerda;
  • Deixar a bola cair demais atrasando o golpe;
  • Extensão de cotovelo de forma abrupta;
  • Falta de uma base firme para empurrar a bola para frente.

Slice Side Spin

Quem já ouviu falar no Side Spin????

Este golpe é muito utilizado pelos tenistas de nível mais alto, pois a complexidade do golpe exige que este saiba executar um bom slice para após conseguir fazer esta bola também mudar de direção ao quicar no chão.


Reparem como a bola faz uma curva bem acentuada.

No movimento a raquete é jogada para o lado direito de Tiafoe, que é destro. Como vimos anteriormente o slice bem executado o tenista deve tentar seguir uma linha reta, afim de fazer a bola ir para a frente. 

Neste caso, um pouco antes do contato a raquete começa um movimento perpendicular, fazendo com que a bola tenha curva. 

O contato com a bola pode ser feita um pouco mais do lado da bola. 

Se você tenista visualizar um relógio na bola, o contato deve ser feito entre as 4hs e 5hs.

Aprimorando o slice

Um bom slice deve ter altura suficiente para passar bem sobre a rede sem riscos e ganhar profundidade sempre. Quanto menos efeito (rotação) mais pesado será seu slice, surgindo como um elemento surpresa, fazendo o adversário atrasar o golpe.

Para se executar um bom slice é necessário força para manter a cabeça da raquete alta ainda no contato com a bola e manter o punho firme. Treine com o elástico e além de estabelecer um vínculo com o movimento a carga do elástico o fará ganhar força e resistência.

Treinamento com elástico

Outra dica é utilizar a perna da frente como uma catapulta, impulsionando o corpo para cima da bola, favorecendo um ponto de contato mais à frente do corpo e firmeza na base para empurrar o chão e ganhar explosão para o golpe.

No vídeo a seguir dou algumas dicas aos alunos que com a execução e as dicas vão moldando e melhorando seus golpes na hora.

Treinamento do slice com bola

Cortesia HC

Muitos jogadores nos procuram para definir um bom Backhand, pois passaram a vida batendo na bola com slice, não conseguiam imprimir efeito Topspin e muitas vezes conseguiam chapar a bola, mas com as intensas tentativas acabaram lesionando o cotovelo.

Caso queira aprender aquele backhand do Guga, um dos pontos cruciais para a mudança é a pegada na raquete.

Usar a empunhadura continental não possibilita um contato em que a face da raquete precisa estar paralela à rede ou mais inclinada para baixo, como na foto do Federer:

Técnica de Slice e Movimento Certo da Raquete
Técnica de Slice e Movimento Certo da Raquete


Caso o tenista insista a chance de lesionar o punho é alta, pois o punho não consegue estabilizar para gerar mais firmeza na cabeça da raquete, além dos atrasos constantes.

A utilização das empunhaduras estern e semi western no backhand entram como as melhores empunhaduras para manter o punho firme, sem alteração, possibilitando golpear a frente e bolas mais altas.

Empunhadura Estern de esquerda indicada no slice de backhand
Empunhadura Estern de esquerda indicada no slice de backhand

Notem a diferença entre o Slice com o contato a frente e mas próximo ao corpo (imagem da esquerda do Federer), e o Backhand com empunhadura semi western e o contato cerca de um metro a frente do seu corpo (imagem da direita do Federer), ganhando um espaço maior no contato possibilitado que o cotovelo se estenda ao máximo, empurrando a bola e gerando mais velocidade na cabeça da raquete. O punho está firme e a cabeça da raquete levemente voltada para baixo.

Outro passo importante é utilizar a cabeça da raquete para escovar a bola, pegando a bola por baixo e a jogando para cima. Movimento contrário ao slice onde o objetivo é manter a cabeça da raquete alta e fazer a bola passar mais rasante a rede.

Esta parte se torna importante para ilustrar um pouco o relatado no texto, sobre como executar um bom slice e a dificuldade de quem iniciou no tênis sem instrução, fatiando a bola por cima dela. A mudança não é fácil, mas se persistir e conseguir um bom profissional, logo estará com mais um movimento para utilizar em seus jogos.

E pra finalizar, deixo aqui um compilado de 25 slice dos profissionais para admirarmos a técnica bem executada:

Conclusão

O slice é um golpe de impacto já que altera o ritmo e altura da bola durante o jogo. É um golpe antigo mas com eficiência comprovada.

É importante procurar um profissional que te direcione com o aprimoramento da técnica, pois como citado acima é um golpe que se não for bem executado pode levar a sérias lesões no cotovelo, punho e ombro.

Chegando ao final de mais um post gostaria de agradecer os comentários e compartilhamentos da página levando esta informação a mais tenistas e amantes do esporte. Muito Obrigado. Até a próxima!!!!! Play!!!!!

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Hudson Cardia

Escrito por: Hudson Cardia

Professor de Tênis



  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notificação de
guest
3 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Alcides
Alcides
9 meses atrás

As imagens das empunhadura poderiam ser cortadas mostrando somente o essencial.

HUDSON CARDIA OLIVEIRA
HUDSON CARDIA OLIVEIRA
8 meses atrás
Reply to  Alcides

Querido Alcides. Quando escrevemos o blog não pensamos apenas na comunidade de tenistas que já jogam e conhecem a fundo o universo do jogo, escrevemos também para leigos. As imagens ajudam a associar o que estamos falando ao movimento, auxiliando o leitor para um melhor entendimento. Agradecemos seu contato. Um grande abraço!!!!

trackback

[…] também –  Técnica Slice – Melhore o seu Desempenho no Tênis Agora […]